quinta-feira, 29 de outubro de 2009

OBSTÁCULOS - sinal de luz ou de perigo?


Dando continuidade às minhas "dúvidas" expostas, em parte, em "NÃO SEI SE VOU OU SE FICO" (outubro/2009 - basta ir aqui ao lado, em TODOS OS TEXTOS AQUI, clicar em 2009, depois em OUTUBRO e procurar o título), COMO podemos fazer para saber se, diante de um obstáculo devemos ultrapassar ou voltar?

Uma barreira pode ser um sinal de alerta, do tipo, "páre, aqui é perigoso, estou aqui para te ajudar. Caminho errado. Volte para encontra o seu caminho." - sim, será que existe "um" ou "o" caminho...? - Bem como pode ser: "Para alcançar seu objetivo precisa mostrar garra, coragem e determinação, então, só o alcançará se me ultrapassar. Eis a condição."

Eis a minha pergunta: COMO SABER INTERPRETAR OS SINAIS DOS CÉUS? COMO SABER O QUE DEUS ESTÁ FALANDO E QUERENDO DIZER? COMO AGIR E TOMAR UMA DECISÃO DIANTE DO OBSTÁCULO, QUANDO JÁ ESTIVERMOS NO DILEMA: "NÃO SEI SE VOU OU SE FICO"...? Tantas perguntas... esse é um dos meus obstáculos: encontrar a resposta certa, mesmo sem saber a pergunta... risos.

Deus entende tudo o que falamos, seja o dialeto que for... mas, nós... nós, mesmo de coração abertos ainda temos muita dificuldade para interpretar, sentir, viver... sempre tem uma poerinha em nossos corações, por melhor que cuidemos dele/ de nós.

Agora pensemos juntos: se alguém fala que o melhor é seguir intuição, como saber se é boa ou má intuição? Como saber se é intuição livre ou "imposta" pela emoção ou pela razão...? Existe essa maneira certa de saber? É certo só seguir intuição? Será que as nossas tomadas de decisões, escolhas, são "intuições" ou pensamentos próprios? ...

Existem várias maneiras de "fazer" ou "seguir" o que seu coração manda. De escutar a "nossa alma". O que nos leva a vários caminhos para entrarmos em sintonia com ele. Mas, todos os caminhos levam ao mesmo rumo: NÓS!

Nos escutar é procurar sempre se manter em harmonia e sob a luz da verdade e coerência (viver, agir, pensar, falar e sentir). Nunca teremos uma fórmula perfeita e totalmente segura... somos humanos e falha é uma característica nossa, 100% TERRA - risos. Ter sempre em mente que para cada "erro" existe uma oportunidade de corrgí-lo e seguir, sempre. Levaremos a vida toda e, talvez, a gente nunca consiga acertar sempre, nem logo de cara. Mas, cada vez que enxergarmos que erramos,vamos em busca do acerto. Resolver tudo aqui e agora, cada vez que o "agora" se fizer e sempre que for necessário. Consertar um erro, uma injustiça, uma falta de demonstração de amor ao outro é sempre urgente e prioridade!!!

Correr riscos, muitass vezes é importante ou, necessário, mas, muitas vezes, existem caminhos pela paz, que trilham pela sabedoria da simplicidade e águas mansas. Raramente nos deixamos conduzir por aí... Será que sempre o caminho "certo" é o caminho mais desafiador? Será que o caminho "errado" é o mais livre? Será que não podemos nos libertar do "peso" extra de tal maneira que tudo fica mais leve e ver tudo como "uma grande possibilidade" é um caminho aberto? - PS - eu estou aprendendo com esse pensamento, que Noemia / Morgana Gazel, minha grande amiga, aplica na vida dela: TUDO É UMA GRANDE POSSIBILIDADE! TUDO É POSSÍVEL.

A melhor maneira de viver, para mim, é manter a esperança. Levar em consideração que nossa decisões são tomadas baseadas no "aqui e agora". Não temos como calcular o menor risco baseado no amanhã...

Mas, nesse post, eu preciso saber de você:

  • COMO VOCÊ INTERPRETA OS SINAIS DA SUA VIDA?

  • VOCÊ SEGUE O QUE ACREDITA OU O QUE SEU CORAÇÃO MANDA, MESMO CONTRARIANDO A "RAZÃO"? (ah, quando me refiro a "RAZÃO" é aquela "lógica" que só a gente acredita... aquilo que está tão enraizado que parece-nos ser uma verdade universal, mas, não passa de um pensamento criado por nós e que nem sempre é bom...)

  • VOCÊ TEM A VERDADEIRA CORAGEM DE ADMITIR UM ERRO, POR MENOR QUE SEJA E SE ENTREGAR A SOLUÇÃO, CORRIGIR E MERGULHAR NO BEM QUE FAZ MUDAR O CAMINHO, QUANDO SE CONSTATA QUE PEGOU A TRILHA ERRADA, QUE SOFRE E FAZ SOFRER?
Não é debate, nem a fórmula certa, mas, apenas, uma troca de idéias. Fique à vontade. Logo aqui abaixo está escrito "comentário", você clica na palavra e uma caixa abre. Eis o lugar para nossa troca de idéias. Pode "falar" o que quiser, mesmo que saia do tema. O tema é a vida e isso quer dizer, que sempre estamos livres!!!

Agora, vamos lá, deixe sua opinião / comentário logo aqui abaixo.

O fim da linha pode ser o começo de outro, mas, não deixa de ser o fim daquela linha... É exatamente o fim de uma linha e começo de outra. Tenhamos foco para sermos livres.

Pat Lins.


VAMOS DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS E FILHOS MELHORES PARA ESSE MUNDO!!!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

IMATURIDADE - independe da idade - risos


Isso é lá, bem verdade! Idade não é nada... rsrsrsrs
Beijos,
Pat Lins.

O VERDADEIRO VALOR DO SORRISO DE UMA CRIANÇA


Mais lindo do que ver o sorriso de uma criança, é saber o motivo dele: PURA E SIMPLES - FELICIDADE!!!


As crianças têm a grande capacidade de nos lembrar - o que, também, sabíamos quando éramos crianças... - que o que importa é o "daqui para frente". E sempre, sempre, ver o lado bom de tudo: a oportunidade de recomeçar!


Por que esquecemos do sorriso, da vivacidade, da esperança que temos na infância?


Por que essa "infeliz" mania de só valorizar e alimentar o que "não presta"? Será que a condição para ser "adulto" é "involuir"? ...


Voltemos a dar valor às coisas boas da vida: VIVER!!!


E, lembrar: VAMOS DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS E FILHOS MELHORES PARA ESSE MUNDO!!! Ainda dá tempo!


Pat Lins


sábado, 24 de outubro de 2009

A ARTE DE CAMINHAR - por Pat Lins (EU)


Queria refazer meu caminho.
Atribuir tudo ao acaso, mas, não deu!
Foi tudo obra do destino...
...do destino que tracei,
no caminho que segui.

Sigo sempre em frente,
mesmo que vire de lado ou
para trás...

Caminhos errados existem?
E os certos, onde estão?
Acho que só existem: CAMINHOS.

Durante cada caminhada,
se faz o percurso.
Caminhando é que se trilha.
Voltar, seguir, descansar para seguir...
ir, ficar...
tudo faz parte do ato de
CAMINHAR.

Não sei onde chegar,
mas, quereo ir em frente.

Cansei dos tropeços,
mas, como evitar?
Aprendi com cada um deles
a não querer mais culpar
nem o acaso, nem as dores
tudo eu quero deixar passar!

Boas sensações também se vão,
tudo passa
O que fica?
A lembrança.

Lembrança do que poderia ter sido
não vale.
Lembrança do que desgastou...
é passado.
Lembrança do sonho
sonhar
Futuro é hoje,
sonhar com o hoje e viver
hoje ainda é que faz
melhor meu caminhar.

Porque em verdade
o que tenho é isso
INSTANTE
Para viver, depois
lembrar.

Seguro! Seguro essa boa lembrança
com cheiro e brisa de
férias de verão.
Coisa boa!!!
Fecho os olhos e sinto
e vem aquele aroma delicioso dos finais de tarde
a beira mar.
Do aroma bom e prazeroso
de hoje, se viver
o que se quer viver amanhã:
INSTANTE

Ouço as ondas, mas,
não dá para mergulhar.
Não nessas, que
são lembranças...
... de um passado que queria retomar,
e recomeçar.
Parto dele.
Outras ondas para mergulhar.

Refluxo é volta,
que nada
quero caminhar!
Fluxo, impulso
vou chegar lá.

Lá onde vejo,
a cada dia estou mais perto
Não quero te magoar
Minha vida deu voltas
agora estou a sentar
só um pouco,
para o fôlego recobrar.
Lembrar dos sonhos de ontem,
resgatar.
Após o resgate, viver
Sinônimo de viver, é amar!

Amo a vida
cada caminho,
mesmo os que ache
erros, que queria evitar...
Queria nada, foi lá que fui nadar!

Consciência, palavra chave
para a alma libertar
Abre portas,
sara feridas
ajuda a levantar.

Seguir o caminho tem ordem
a ordem de amar!

O amor liberta,
mesmo sem ter o que libertar.

Algemas
são os medos
tabus a limitar.

Linha "limítrofe"?
Só o tempo
Que sempre é tempo de começar!

Não corro contra ele,
quero mais é me aliar!
Tempo mestre.
Tempo rei!
Tempo é aquilo
que quando se vê já foi
quando olho,
já vem.
Quando sinto, ele está.
Viu?!
É, foi e será
TEMPO

Tempo bom é realidade
Verdade para deitar
Me esparramo em dissabores
o tempo, veio me resgatar
bem a tempo,
em outro tempo
Para começar!

Oi! Tempo, rei de
minh´alma
estou a me levantar.
Devagar e com força
Consciente do presente
que você quer me dar:
hoje e sempre
será hoje
Se amanhã chegar,
posso sempre melhorar!
Mudo o rumo,
a direção
mas, o destino?
LIBERTAÇÃO.

FELICIDADE?
Está aqui,
a me guiar.
Meu sustento?
A ESPERANÇA,
rainha, ao lado do TEMPO a
imperar.

Minha busca?
Constante caminho.
Cada passo, uma conquista
Cada conquista?
Vitória!!!
Cada vitória, um dia!
Cada dia,
trajetória
Jornada?
Caminhar!!!

Onde estou?
Aqui e agora!
Para onde?
Quem sabe... sigo o vento
vento que sopro,
vento que sai de meus pulmões em
gritos e desejos
em suspiros
em meu olhar.

Amanhã,
não se sabe hoje.
Sei que ontem,
eu já fui.
Para onde?
Para hoje.
Longe?
Lugar que não existe.
Só chega nele quem persiste...
... onde mesmo chegar?
Ponto de partida vale mais que o de chegada?
O importante é ir,
sem hora para chegar.
Cheiro flores no caminho
furo os dedo em espinhos,
mesmo vendo,
sem cuidar.

Quero me jogar,
não num abismo... nem buraco
me jogar para o ar!
Pular! Saltar!
Para chegar no mais alto?
Não, só para sentir o ar!

Cada dia, cada instante, cada momento
um HORIZONTE,
sempre um caminho a chegar.
Eu?
Sim, chego lá!
Aguarde, aguarde, aguarde.
Sempre há uma chegada para
quem quer caminhar.
O rumo?
Todos,
que eu quiser e conseguir
alcançar!

A arte do caminho?
A arte em caminhar!
Um brinde! Tim-tim.
Tempo sempre é tempo de comemorar!

Pat Lins


sexta-feira, 23 de outubro de 2009

"Sou um guardador de rebanhos" - Fernando Pessoa

Sou um guardador de rebanhos.
O rebanho é os meus pensamentos
E os meus pensamentos são todos sensações.
Penso com os olhos e com os ouvidos
E com as mãos e os pés
E com o nariz e a boca.

Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.
Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
SEI A VERDADE E SOU FELIZ.”

(Fernando Pessoa / Alberto Caeiro - O Guardador de Rebanhos IX- "Sou um guardador de rebanhos")

Extraí do blog CAIXA DE DIÁLOGOS ( http://caixadedialogos.wordpress.com/ ), de meu grande e amado amigo e poeta, Marcos Fernando Carvalho, porque diz muito do que penso, do que sinto e do que quero viver: SABER A VERDADE E SER FELIZ, sempre!!! Eu também me sinto uma guardadora de rebanhos de pensamentos e sensações!

Pat Lins.



quinta-feira, 22 de outubro de 2009

ERA UMA VEZ... E FORAM FELIZES PARA SEMPRE. FIM!...



Alguém já se deu conta de como nós somos "programados" pela nossa educação - inclusive escolar - a reproduzir o padrão de "normalidade" que teme SER FELIZ a cada dia?


Uma coisa, a parte, que venho observando, é que sempre nos apresentam os autores/escritores "conhecidos" e nos limitam a só querer e/ou procurar aquilo que é conhecido... Por que nos ensinam a ter tanto "medo" de conhecer mais? Crescemos nesse limiar e, salvo algumas excessões, nos condicionamos a só buscar aquilo que tem "marca", "nome", "sobrenome", "status"... conhecido e "aceito" pela "sociedade"... e, como "bois", vamos seguindo. Romper com esse padrões é possível, mas, sempre seremos taxados de "é, ela (e) é assim, 'tirada' a diferente - quando não se é taxado de louco..." e isso, não só no que diz respeito à literatura... infelizmente... mas, em tudo, desde comida, até... até tudo! Quando não "podemos" acessar os "escolhidos" e "aceitos", vivemos frustrados... Sempre é hora de nos darmos oportunidade.

Já escrevi em outros posts, como é difícil para alguém que faz um bom trabalho, conseguir ser "aceito" e divulgado, até pela imprensa, que faz o "papel" de "abre alas", com o poder da informação. Morgana Gazel é o pseudônimo literário de uma amiga minha, que, em sua vida, sempre alcançou o que buscava, por sempre acreditar ser tudo possível. Foi química, fez matemática, foi analista de sistemas e psicóloga. Escutando a voz de sua "alma", ou, de seu "coração", lançou-se no sonho - aliado a um grande talento e técnicas que aprendeu, através de cursos e leituras - de escrever e escrever bem e, hoje, também é escritora!

Seu primeiro livro, o "Enseada do Segredo" é ma-ra-vi-lho-so! Muito bem escrito, bem amarrado, criativo, empolgante, instigante, surpreendente! E eu não sou a única pessoa que pensa assim, quem se dá a oportunidade de ler algo "desconhecido", sem tabu, preconceito ou "limitação" - essa limitação, que me refiro, é aquela que nos poda sempre... - faz questão de entrar no site da escritora e deixar registrado o quanto aquele livro o tocou. Trata-se de um livro com forte cunho psicológico, através de um romance. A literatura é um mundo mágico! E tem o grande "poder" de nos conduzir a vários mundos. A viajar, sem sair do lugar. E, também, é capaz de desencadear e apaziguar emoções. "Enseada do Segredo" é o primeiro de uma trilogia. O segundo já está em andamento e chama-se "Liberdade Negada". Ambos são ambientados na época da ditadura militar, no Nordeste brasileiro.

Cito Morgana, porque seu livro não tem o formato "pré-formatado" - redundância válida e necessária, risos - de começo, meio e fim como sinônimos de "era uma vez, um grupo de pessoas que vivia bem, até acontecer uma coisa ruim, muito ruim e todo mundo se lenhar o tempo todo e, só no final, todos viveriam felizes para sempre e FIM!" e, depois, a gente não sabe o que acontece, porque, sem perceber, somos envolvidos nessa moldura de achar que a vida deve ser assim: você nasce feliz, feito para ser feliz, mas, só vai ser feliz de verdade, no dia que tudo acabar! Será???? Em "Enseada do Segredo", as pessoas sofrem; colhem o que foi plantado; procuram soluções, baseadas no instante, lógico; a gente sente as emoções como quase tangíveis... enfim, acontece coisas a todo instante e acontece mudança. Tudo que se esconde, um dia se é revelado... isso é até bíblico. E assim é a vida,cada opção é uma escolha e cada escolha se transforma num caminho. Cada caminho leva a um rumo: nós mesmos!

Não sou contra os contos de fada. Eu amo! Amo ler. Ler todo tipo de leitura. Não fico nessa de ler apenas o que os "intelectuais" lêem, ou, para "aparentar" ser inteligente. Leio porque gosto. Leio o que gosto. Sou livre. E, cá entre nós, todos nós somos intelectuais! Todos somos inteligentes. Eu não preciso de um "acadêmico" para me dizer o que devo ou não ler, para avaliar quem sou, pela minha leitura. Lógico que eles se entregam a vida de literatura, do estudo da língua e da linguagem e de tudo que envolva esse mundo fantástico de falar e escrever, e tornam-se referência, por dedicarem e viverem esse mundo. Não tiro os méritos deles. Muito menos questiono os graus de inteligência. Só penso que "nós", os "mortais" - já que eles são "imortais", risos - também podemos nos entregar a esse mundo e ler de um tudo. De um tudo que nos agrade. Nos permitir conhecer e conhecer e conhecer... uma opinião é importante, mas, é uma opinião. A subjetividade permite que cada indivíduo seja capaz de ter opinião própria. Se leu e não gostou, é válido. É sua opinião, são seus conceitos esbarrando nos conceitos de outras pessoas, ou, em conceitos que outras pessoas querem passar. Eis outra oportunidade de exercitar o respeito ao "outro". Eis uma bela oportunidade de exercitar o respeito a "si".

Ter opinião própria não quer dizer "razão única" ou "verdade universal", mas, tem o peso e a importância de ser sua expressão e não deve passar disso. Não devemos ter a pretensão de acreditar que o que pensamos deve ser seguido pelo "outro"; repetido pelo "outro"; imposto ao "outro... NÃO! Nossa opinião somos nós e pronto. Nada de questionar "também, eu falo e eles não aprendem comigo..." - coisa de gente que se acha o umbigo do mundo. RESPEITO, gente. Respeito é algo que precisamos exercitar, porque não aprendemos isso na escola; nem sempre aprendemos em casa, através de atitudes das nossas referências primárias... muitas vezes, se limita a uma palavra dentro de pequenas frases: "respeite seu pai", "respeite sua mãe", "respeite aos mais velhos", "respeite a pró"... só se fala e nada se faz. Um bom exemplo - e isso vejo em meu dia-a-dia com Pedrinho - um grande exercício para se conhecer é ver o reflexo nos filhos... - não é dito ou imposto, aí, trata-se de ditadura, demagogia e a velha conhecida, hipocrisia. Um bom exemplo é a coerência entre o que se fala, se pensa e se faz! (tem um post que escrevi em JULHO 2008 - "VIVER, SENTIR, PENAR E AGIR", que representa um pouco essa minha maneira de pensar e busca incessante de alcançar esse equilíbrio). Faz sentido. Uma explicação vazia é uma mentira... sem fundamento. Sem base. O que não tem uma base bem construída, nunca se ergue. É preciso rafazer ou fazer a base!!!

Mas, sim, o que de fato me veio em mente e que preciso registrar como mais um momento de me escrever e me ler:

ERA UMA VEZ... FELIZES PARA SEMPRE. FIM.

Esse modelo nos faz acreditar que precisamos aceitar essa ordem e esperar. Se não encontramos a felicidade, é porque não chegou ao final. Afinal, no final, tudo sempre dá certo, né verdade?! Sim, é verdade. Mas, a diferença é que o final de fato, aquele que só Deus sabe e nos reserva, é com Ele e resultado do que nós praticamos, viu?! Falo que a cada situação que surja, deve-se haver um final feliz. A solução. Resolver tudo aqui e agora! (tem um post sobre "vamos resolver tudo aqui e agora", em SETEMBRO 2009 que vale a pena ser lido - minha opinião - risos).

Sabe o que reflito e aplico em meu dia-a-dia, além de enxergar que ACONTECE... alguma coisa sempre acontece (post em SETEMBRO 2009)? Tornar a vida mais prática, além da teoria, claro. Viver mais. Zé Ramalho, em sua música "Sinônimos", faz uma bela reflexão: "sinônimo de amor é amar". E eu me aproveito de sua frase/pensamento e digo a mim mesma: SINÔNIMO DE VIDA É VIVER. Se o de morte é morrer, não posso dar certezas... tudo é possível, vindo do Pai!!! E, como TUDO é POSSÍVEL, vindo do Pai, viver é muito possível!!!

A gente pode saber que "era uma vez" uma vida que tivemos, um problema que enfrentamos... enfim, ou, que estamos passando, mas, veja: PAS-SAN-DO. O que passa, vai, né?! O que vai, já foi! Um exercício que já acordo fazendo e tem me dado resultados: "Bom dia dia! Hoje é mais um dia que quero ser feliz! Senhor, capacita-me a resolver o que tiver de ser resolvido. Capacita-me a encontrar a solução melhor e mais verdadeira! E resolve aquilo que não sei como fazer." O instante, gente! Não tem melhor "talismã" do que o tempo, o instante que vivemos. Preciso me lembrar, ainda, essa questão. Um dia, não tão distante, acontece de eu não precisar lembrar, porque fará parte de mim, será minha realidade: respeitar o tempo, aceitá-lo, de verdade, da verdade mais profunda de minha alma, que o tempo é o mestre e que ele, de fato, não espera para ver se "anotamos" a lição que ele dá o tempo todo: cada instante é precioso demais! Cada instante para acreditar. Cada instante para buscar. Cada instante para se perdoar. Cada instante para perdoar. Cada instante para planejar. Cada instante para desejar. Cada instante para sonhar. Cada instante para esperar. Cada instante. Cada instante para viver mais e mais! Até chegar o instante de MUDAR, TRANSFORMAR!!! Eu vivo com sede de ser mais! Ser mais = ser mais humana! Mais brilhante em mim! Primeiro eu, pessoa. Em seguida e, não menos importante, eu em todos os aspectos!

No caminho, vou me conhecendo e em cada descoberta, faço questão de olhar para minha "sombra", que sou eu mesma tapando a luz. Consciência de quem se é. Conhecer e aceitar que o tempo guia a todo instante. Se entregar a realidade, nem que seja para querer mudá-la e transformá-la em melhor - isso é ser positivo sem alienação! Se é fácil? Não! Se eu sou tão segura de tudo que me disponho a viver e, agora, experimentar e me permitir? Não! Se eu já alcancei meu maior desejo? Ainda não, mas, instante após instante, me aproximo!!! A realidade e o tempo querem nos dizer que sempre estão conosco para nosso melhor, se a gente não compreende, problema nosso. Se pedirmos ajuda, eles nos trazem a solução. Aplicar essa solução prática é simples? Cabe a cada um descobrir. Viver preso, resmungando... vivendo o passado e pensando num futuro que nunca chega... basta!

Eu me lembro todos os dias: ainda tenho muito o que mudar. Mas, e daí, estou no caminho, sem me negar. Me abro ao instante e penso: agora, o que posso fazer? Qual pequeno passo posso dar? Não tenho pressa, porque o tempo não nos exige pressa, ele nos lembra de acompanhar, não de correr contra ele!!! Uma mudança muita rápida pode ser um sinal de perigo. Uma mudança paulatina, sim, essa é construída com o tempo e a verdade, transformando a realidade, o instante, em algo melhor.

Graça, uma pessoa incrível que tive a honra de conhecer e conviver um pouco, sempre dá um exemeplo muito bom: "se eu estiver presa num engarrafamento, vou ficar olhando para o relógio e pensando na reunião que estou perdendo, no tempo que estou perdendo... e em tudo que não vai levar adiante, ou fazer o trânsito andar? Eu não. Ligo o som do carro e aproveito para fazer algo que me faça bem: ouço música." A realidade é um fato: está tudo parado, mas, por fatores externos, não foi você quem causou o engarrafamento - ou, mesmo que o tenha feito... risos -, e, naquele momento, como em todos os outros, você tem várias opções para escolher: aumentar o stress; desenvolver a amargura; reclamar; sobrecarregar a mente; assobiar; relaxar, afinal, fazer o quê?; ouvir música... enfim, sempre temos a opção de querer viver de maneira mais leve e, consequentemente, feliz a cada instante. Compreende o que é viver a realidade e, ainda assim, fazer dela o melhor, para o nosso próprio bem?! Isso é saber se poupar do peso extra. Optar por estar melhor só depende de mim! E me faz um bem incrível. Em algum momento os carros vão andar e eu também. Ao chegar no destino que nos propusemos, foquemos na solução. Vai chegar atrasado no trabalho, vai estar todo mundo de cara feia... e aí? Vai piorar? Informação: "estava num engarrafamento". Podem até resmungar: "e chega com essa cara?" "Sim, chego! É a minha cara!" Lembre-se de que não podemos controlar os pensamentos dos outros, mas, esclareça, deixe claro que não foi sua responsabilidade e agora, você precisa pensar no que fazer, porque, AGORA, o instante exige isso e pronto. Simples, né?! Mas, tudo que é simples é mais difícil de colocar em prática, porque sempre queremos ficar na saudade do "era uma vez" e na expectativa do "felizes para sempre. FIM.".

Se "era uma vez uma bruxa má", não sou eu quem vou mudá-la, mas, posso me defender. Se ela destruiu todo o vale e matou as cores, deixando tudo cinza, eu vou pintar a minha casa com as cores de minha esperança e vou optar por ser feliz, naquele instante, porque acredito em algo Maior, que chamo de Deus e sei que toda maldade tem seu fim, em si só, e vivo, no mínimo, de esperança. Em paralelo, posso estudar e ver o que posso fazer para mudar essa realidade, como "destruir" a bruxa que há dentro de mim e viver FELIZ SEMPRE, sabendo que vivendo sempre feliz, no final, foi o sempre que durou e para sempre foi a soma de todo sempre!!!

Veja como o Pai é, nos dá capacidade e livre-arbítrio e respeita a nossa escolha, sem nunca nos deixar. No momento que em pedirmos, de coração, seja de de qualquer religião, cor, vista a roupa que vestir, fale o idioma que falar... Ele quer é nos dar o melhor, através de nossos corações. Se não acredita, Ele respeita, também, mas, chame-o, de verdade, de coração aberto, mesmo na hora do desespero e de não acreditar no que fala, mas, no querer sentir o que busca e se permita que Ele vem. Para Deus agir, precisamos permitir. Por isso eu questiono o "FIM", em nossas histórias. Deus é eterno.

Lembra do livro de Morgana Gazel, que falei? Termina assim, com a continuidade. Com o sempre. Com o agora. Com o depois. Termina, sem fim. Sim, o livro tem final, me refiro à mensagem final. Mas, aí, só lendo! risos. A vida, enquanto vivos, aqui e agora, que é o que temos mais próximos de algo "concreto" continua. Depois de cada situação-problema, e, até mesmo durante, a vida continua! Raramente nos lembramos e nos permitimos ver isso. Para quê, né?! Tão melhor ficar preso a problemas... dá a falsa sensação de que nada pior pode acontecer... e, acontece...

Vamos viver sempre felizes e dizer: ERA UMA VEZ UM DIA QUE SOFRI... MAS, NESSE MESMO DIA - que pode ser a qualquer instante, inclusive agora, ESCOLHI VIVER DA MELHOR MANEIRA E EM BUSCA DO FIM. NO CAMINHO, SEMPRE BUSQUEI A FELICIDADE COMO PARCEIRA E ALIMENTO; O TEMPO COMO GUIA; A REALIDADE COMO CAMINHO; A VERDADE COMO META E LUZ; DEUS, COMO AQUELE QUE SEMPRE ME AJUDARÁ, MESMO QUE EU NÃO "VEJA", MAS, SEMPRE QUE EU PEÇO ELE SE MOSTRA AO MEU LADO, DE ACORDO COM SUA DIVINA PROVIDÊNCIA, MESMO QUE EU NÃO COMPREENDA SEUS DESÍGNIOS, MAS, ELE NÃO ME DESAMPARA... MUITAS VEZES, EU ME FECHO E ELE, SÓ ENTRA, ONDE É CONVIDADO.


Será que podemos transformar sonhos em realidade? Basta não negarmos nada. Basta encararmos tudo como possível. Basta respeitar as opiniões alheias. Basta QUERERMOS e nos entregarmos a dar um passo de cada vez. Pedir ajuda, quando nos faltar força; descansar, quando for presico... respeitar o instante, mas, vivê-lo da melhor maneira. Ainda não alcancei meu maior sonho, mas, não desisti dele, estou trilhando o caminho que escolhi e vislumbrando. Um dia, chego lá e cada um dos meus amigos, da minha família, e outros, poderão ter um pouco desse sonho realizado! Do que adianta um sonho se não puder ser multiplicado? O que é bom precisa ser multiplicado em forma de divisão, soma e multiplicação: divido com você um pouco de mim e recebo um pouco de você (soma) e, todos juntos, multiplicamos o que há de melhor: o amor! E vamos, juntos, subtrair o que é "mau": culpa, peso, fardo, preconceito, arrogância, ilusão desemedida...


E então, podemos ou não, DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS E FILHOS MELHORES PARA ESSE MUNDO? Depende de nós! De cada um! De todos!


ERA UMA VEZ, UM MUNDO. HOJE, ELE PODE SER MELHOR, PORQUE CADA HABITANTE PERCEBEU QUE FAZ PARTE DELE E ESSE MUNDO SÓ PODE SER MELHOR, SE NÓS ASSIM FORMOS. PARA DEIXARMOS FILHOS MELHORES, NELE, SEJAMOS OS MELHORES FILHOS!!! Sim, podemos escrever essa história a cada dia!


Beijos e beijos,

Pat Lins.

sábado, 17 de outubro de 2009

SABEDORIA, FÉ e PRÁTICA


"Sabedoria é conhecimento e transformação"

(Paulo Coelho)


Eis o que penso e busco:


conhecimento / informação / compreensão +

transformação / prática / atitude =

crescimento / evolução / viver em harmonia


Do que adianta conhecer e não praticar? Buscar sem aceitar o que encontra? Enxergar. Querer ver! Por que buscamos tantos "por quês"? Por quê? É tão difícil apenas compreender que por mais que busquemos, muita coisa, talvez, nunca compreendamos, mas, num esforço de continuar seguindo o caminho e com fé, descubramos que toda a vida é um mistério simples. E enxergar e valorizar o simples, em meio a um mundo de complicações é muito mais difícil.


Conheço gente que fala tanto em amor, em Deus - inclusive eu - e depois, está "falando" - e, normalmente: mal - do outro; executando o preconceito, a falta de respeito, a incompreensão... Ora, se Jesus perdoava e sabia lidar com as diferenças, por que nós, não seguimos Seus passos? Tão fácil falar em fé, orar com fervor, mas, na hora de sair da teoria para a prática parece que são dois caminhos distintos... o crescimento é para todos. Ninguém é melhor do que ninguém. Compreender o que a Bíblia retrata é sentir o que está escrito e não interpretar... a Bíblia vem de uma época que desconhecemos, de fato, os costumes e cultura. Temos uma noção pelo que nos passam. A escrita, por si só, foi muito mexida... traduções requerem interpretações pessoais... o que passa pelo subjetivo humano é humano... portanto, viver é muito mais do que apenas ler e "interpretar" é sentir e praticar o bem, pela essência do bem. Bom, não vou entrar nesse tema, iria escrever muito... risos. Cabe a cada um de nós vigiar nossos pensamentos e refazê-los, sempre para o bem.


Fé é muito mais que dizer que tem, é praticar! Uma sabedoria onde você pode não conhecer, de fato, tudo, mas, ainda assim, acreditar e transformar!!! Conhecer o que não se explica é aceitar que tudo é possível, sem críticas e compreender que não somos os detentores da razão. Fé é ir além de si e de nossas limitações "intelectuais". Fé é surpreender, principalmente, a nossa "inteligência" com a aceitação do inexplicável como real!!!


"Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta." (Tiago 2:26)


Penso que eu pergunto muito e escuto muito pouco as respostas. Muitas delas chegam antes das perguntas, mas, raramente escuto... A simplicidade nos cega... é tão simples, que torna-se inacreditável. Estamos condicionados a buscar o desafio no que é difícil, complicado... o que é fácil, simples é para quem não tem "capacidade" ou "inteligência"... ENGANO!!! Enxergar, valorizar e simplificar é SABEDORIA, é TRANSFORMAÇÃO. Muitas realidades já são tão pesadas e ruins por si só, que mergulhar na dor e lá ficar parece o único caminho, quando parece ser difícil, mas, não é, SIMPLIFICAR: deixar a dor passar!!! Não falo em negar a existência, mas, aceitar e permitir que vá. Transformar em algo que passa!


A verdadeira força da sabedoria está em aceitar mais - mesmo que não concorde... mas, vale a reflexão - e lutar menos pelo que não vale a pena. Vamos lutar pelo que é preciso e urgente: CRESCER! A fé é isso: mesmo sem saber "como" nem "porquê" acreditar que tem o dedo do Criador em tudo. Eu sempre converso com Ele e me abro: "posso não compreender seus desígnios, seus planos para cada um de nós, mas, acredito que o Senhor tenha um e cá estou, fazendo a minha parte e no aguardo." Um dia, tudo acontece! Aliás, a todo instante, TUDO ESTÁ ACONTECENDO!!! É como disse Regina Brett, em suas "45 lições de vida" (postei seu texto mais abaixo - dia 02 de outubro de 2009) e sua primeira lição: "a vida não é justa, mas ainda é boa". Eu colocaria que aparentemente, a vida não é justa, mas, ainda assim, podemos ver que é boa!


"E dizia: O reino de Deus é assim como se um homem lançasse semente à terra. E dormisse, e se levantasse de noite ou de dia, e a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como." (Marcos 4:26 -27)


Muita coisa não está em nossas mãos, mas, o que está, cabe a nós realizar. Se estamos sem força, basta pedir que o Pai ajuda. Mas, nada Ele pode fazer se eu não permitir! Até Ele respeita nossa liberdade de escolha!!! Saber pedir e saber receber é acreditar.


Precisamos deixar UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS E FILHOS MELHORES NESSE MUNDO!!!
Pat Lins.

sábado, 10 de outubro de 2009

A CULPA É SUA...

Afinal de contas, quando algo "errado" acontece em nossas vidas, a culpa é sempre do "outro"?

Se a mulher está gorda, a culpa é do marido, que a leva para "jantar", todo final de semana... - risos.


"É você que me impede de crescer..."

Se um marido engorda, é porque a mulher quer "prender" pelo estômago... se ele emagrece, é porque a esposa "deve ser péssima na cozinha, que deixa o coitado 'maltratado'"...

Pior é escutar isso e achar normal. Pior, muito pior, é falarmos isso e acharmos normal. Muito pior é pensar assim e achar normal. Pior é viver e se acomodar a essa "fuga" de si e achar normal!!! Normal????

É, penso que tenho razão em estar me buscando para ser, cada dia, mais "anormal". Eu quero me entregar à loucura, isso sim. À loucura saudável de ser feliz e romper com essas "normalidades" e "permissividades".

A "sociedade" tem culpa da nossa infelicidade; o "mundo" é o culpado dos nossos medos, porque o "mundo" está muito violento... E a gente, tem culpa de quê?

É tanta culpa, tanto medo... que precisamos "jogar" em alguém ou algum lugar e continuar a fugir de nós mesmos. Lógico, ao parar para se auto-buscar, se auto-conhecer, a ter consciência de nossos atos e suas consequências... para quem vamos apontar o "dedão"? Ao percebermos que não precisávamos ter perdido tempo culpando e sim, compreendendo e solucionando, muito peso e desgaste pode ser evitado, diminuído, transformado... enfim, podemos ver que não precisamos carregar tanto e olhar para frente é aqui e agora!


Hoje, posso fazer algo melhor. Posso romper com esse "peso", essa "culpa" - seja a si ou ao outro... - e, hoje, optar por fazer algo de bom. Posso me perdoar hoje, perdoar A, B ou C hoje e "tocar" meu caminho em prol da felicidade!

Em muitos casos, o "outro" tem "culpa", nos faz mal... mas, não podemos permitir que esses acontecimentos se eternizem, ou, comandem nossas vidas. A responsabilidade de escolher o que fazer é nossa! Podemos arranjar mil "desculpas" e/ou nos "acomodarmos" a viver como vítimas, mas, chega uma hora que basta.


Nada é fácil... mas, viver sendo vítima é fácil? Viver sofrendo... é fácil? Tomar decisões é difícil, mas, um dia, precisamos compreender que desejar ser feliz é querer ser feliz.

O exercício do perdão começa perdoando a nós mesmos: "engordei muito, mas, preciso me esforçar para emagrecer" além de assumir a responsabilidade pela própria vida, não lida com "culpa" e sim com solução. O próximo passo, após a compreensão,após a CONSCIÊNCIA, é se perguntar COMO: "como faço para emagrecer da maneira mais saudável e equilibrada?" Daí para frente, é só crescer. É andar na vertical da evolução como ser humano! Cada pequena atitude ajuda.

Vamos nos curar de nossas "normalidades", isso faz mal! Que seja "normal" fazer e viver o bem, perdoar, amar. Tirando a alienação, que seja "normal" ser positivo, ou melhor, optar por um ângulo positivo, mesmo que a situação seja desagradável - mas, assumir que a situação é desagradável, por si só, porém, eu não quero afundar nela... como sair dela em paz?

Se cada um fizer sua parte, o "normal" será ser livre, sem medo de ser feliz! Isso: o "normal" há de ser SER FELIZ!!! Chega de hipocrisia! Vamos respeitar mais! Façamos um esforço. Nos policiemos, nos vigiemos em nosso pensamentos. Vamos parar de "achar", de "apontar" as falhas alheias - lembrar: sem alienação... admitir e querer mudar é ser positivo, e não se manter num estado de alienação de positividade e "culpar" o mundo por ter caído no abismo a sua frente, e você não viu, porque estava nos positivismo alienante... este cega.


Lembrar: COMPREENSÃO e CONSCIÊNCIA são LUZ!!!

Em vez de apontar o "dedão" para o outro, apontemos para cima: ESTOU AQUI E QUERO, FELICIDADE, LEMBRAR QUE ESTOU AQUI! QUERO ME LEMBRAR QUE EU POSSO E MEREÇO SER FELIZ!!! - lembrar disso todo dia!

A culpa sempre é dos outros, quando não assumimos a responsabilidade de nossos atos.

Está em nossas mãos:



VAMOS DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS E FILHOS MELHORES NESSE MUNDO!!!


E, definitivamente, parar de culpar A, B ou C pela nossa infelicidade! Vamos buscar, no dia-a-dia, pequenas atitudes para alimentarmos nossa felicidade!

Pat Lins.


quinta-feira, 8 de outubro de 2009

LUTAR...


Lutar é nunca desistir!

Lutar é sempre persistir!

Lutar é ACREDITAR QUE É POSSÍVEL MUDAR!!!


Pat Lins.




segunda-feira, 5 de outubro de 2009

BLOG DE CARA NOVA!!!

O blog está de cara nova, para celebrar mais um dia como todos os outros! Todo dia é dia de mudar! De "repaginar"!!!

Não precisamos abrir o casulo... ele abre sozinho, na hora certa!!! Estou no porcesso. Desistir de ser feliz? Nunca! Jamais! Sempre é dia de querer ser felizzzz!!!

Por isso, dei uma mudada aqui no visual! Só para me - e/ou "nos" - lembrar que a qualquer hora, a qualquer momento, algo acontece!!!


Vamos deixar um mundo melhor para os nossos filhos e filhos melhores nesse mundo!!!



Pat Lins.


sábado, 3 de outubro de 2009

NÃO SEI SE VOU OU SE FICO...


Você já escutou frases do tipo: "ah, isso é um desafio para ver se você persiste..." ?


E: "ah, isso é um aviso para você desistir... não insista..."?


E aí?! Já se sentiu como a velha máxima do "axé music" - risos -: "não sei se vou ou se fico"?


Eu também! Me sinto assim direto... porque sempre vem uma frase pronta dessas nas horas em que você menos precisa - hahahaha. Às vezes, me deparo com situações onde insisto e nada sai... e me pergunto: "qual dessas frases escuto para me sentir estimulada ou, no mínimo, consolada...?", por isso que escrevi "ACONTECE..." (desça mais um pouquinho, que poderá me dar a honra de sua leitura), porque, de fato, sempre algo acontece, mas, muitas vezes, não sai como gostaríamos e uma dessas frases idiota (ou não) vem para nos atormentar e gerar peso, culpa...

Quando li o texto "45 lições de vida", por Regina Brett, li a segunda "lição" e bateu com o que acredito, que é a maneira como reajo, hoje em dia: "quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo." Tenho registrado, sempre, aqui no blog, que minha alegria tem sido as pequenas vitórias que venho alcançando em meu dia-a-dia. Pequenas atitudes fazem grandes mudanças, é como me falo.


Estou apredendo e colocando em prática - como esforço, mesmo... um exercício - a parar, respirar fundo e dar um passo atrás, antes de reagir ou agir por impulso. Têm horas que precisamos parar e têm horas que precisamos avançar. Como saber a atitude certa, na hora certa? Não se sabe, apenas, ACONTECE.


O que converso comigo, para não cair nas malhas da "culpa" e da "auto-punição" reflito: "toda decisão que tomei, foi baseada no presente, na situação vigente, calculando os menores 'riscos' para o 'futuro', com base nesse presente". Verdade, não tem como a gente tomar decisões, que influenciarão o amanhã, com base no amanhã. Se a decisão de hoje, amanhã a gente constatar que estava "errada", refaça o pensamento e vá em frente. Primeiro, não estava "errado", você não sabia do "amanhã", apenas do "hoje", e, naquele "hoje", você fez o melhor que pôde fazer, então, perdoe-se/perdoe, até chegar a um ponto de nem se culpar ou culpar a outro... repita: "fiz o melhor que pude fazer, com base no que tinha, naquele instante" e, daí para frente, se abra para refazer sua trajetória, mudar o presente e continuar vivendo e mudando. Claro que têm coisas que se "quebram" e não há remendo, mas, há reconstrução... mesmo que não seja como era antes, mas, se é como se é agora e vai em frente, dando os passos necessários, sem "viagens".


Sempre ACONTECE algo. Sempre podemos dar uma ajuda a nós mesmos, pelo nosso próprio bem! Isso é crescer. Quem disse que crescer é fazer 18 anos? Crescer é todo dia. Quanta gente chega aos 80, 90, 100... anos e continua ranzinza, mesquinho, ambicioso, presunçoso, rancoroso... continuam "pequenos". Pequenos como pessoas.



Meu grande amigo Geraldo, uma pessoa incrível, humano e incrível (risos) - digo que quero ser parecida com ele, quando "crescer", ou seja, romper com o peso extra que tanto faço questão de carregar... dar valor e força às possibilidades... - disse uma coisa interessantíssima: "nossa educação é voltada para o mundo externo. Sempre somos educados para fora..." e é ou não é?! Nosso mundo interior, nós, deveria ser a base inicial. Firmarmos base sólida em nós mesmos, como seres humanos, pessoas em potencial e aprenderíamos, desde cedo, que tudo é possível, sim, porque nós somos seres possíveis. Assim, pararíamos de criticar a tal "sociedade" - como venho sempre me questionando aqui, em alguns textos: quem é essa tal "sociedade" que tanto leva a culpa por nossas próprias falhas?... - a vida, ao universo, a Deus, ao "mundo", a "humanidade"... sim, nós somos a humanidade, alguém lembra disso?


"A humanidade está perdida" = "eu estou perdida", já que, assim como f(x)=y - Marquinhos, essa equação é em sua homenagem, ainda publico seu poema aqui - "humanidade perdida" = "eu perdido": NÓS SOMOS A HUMANIDADE; EU sou parte dela... e aí?! Gente, está mais do que na hora de reconstruirmos nossos pensamentos para salvar a humanidade, que somos nós mesmos!!!



Pequenas atitudes, grandes mudanças! Cada um fazendo sua parte, gera um parte grande de boas mudanças. Vamos continuar esperando pelo outro? "Se fulano melhorar, aí eu acredito que a 'humanidade' tem salvação" é isso?! E a nossa parte. E o EU, o indivíduo que cada um de nós É? Estamos isentos de mudar ou melhorar, por quê? Você é melhor do que eu? Eu sou melhor do que você? Quem, como, onde, quando, por quê? Ah, para isso cabe uma bela expressão baiana: "aooonnnnnddddeeee?!" - kkkkkkkk - é ou não é?!


Por isso, toda vez que eu fico nesse impasse, simplesmente me permito. Como diz minha amiga Noemia: "Aceite que você agiu assim. Aceite que você pode errar..." e aceite que você pode mudar! Consertar, se for o caso e se for importante - tem coisas que pedem conserto, né verdade?! E, ter a oportunidade de consertar é um gesto nobre e lindo! Abrace a oportunidade de SEMPRE FAZER O SEU MELHOR, mesmo que tenha que dar um passo atrás, reconhecer uma falha, "dar o braço a torcer"... enfim, seja aquilo que seu coração tanto implora e a gente se esforça para não ser, por um orgulho bobo e furado; uma vaidade desmedida; uma armadura pesada de "porreta" que usa para "se proteger" - na maioria das vezes, se proteger de si mesmo, jogando a imagem de que é em alguém... inocente... risos.


Bom, a vida é isso: NÓS COMO RESPONSÁVEIS POR NOSSAS AÇÕES e POR NOSSA FELICIDADE!!!E Deus, acima de tudo isso!!!


VAMOS DEIXAR UM MUNDO MELHOR PARA OS NOSSOS FILHOS E FILHOS MELHORES PARA ESSE MUNDO!!!


Quando estiver vivendo o embate do "não sei se vou ou se fico", respire lenta e profundamente; dê um pequeno passo; abra seu coração; faça com amor e com a melhor intensão - melhor de verdade, viu, nada de demagogia... palavrinhas mansas e falsidade incutida não vale... é sinceridade e honestidade no que se sente e se quer fazer - e sempre, sempre saiba que sua base é o hoje, amanhã, é outro dia e sempre é dia de recomeçar! Perdoe-se por suas falhas e aceite que sim, VOCÊ É HUMANO!!! - isso pode ser bom ou ruim, depende de cada um de nós!!! Nada disso é fácil, mas, é perfeitamente, POSSÍVEL!!!


Pat Lins.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

45 LIÇÕES DE VIDA - Por Regina Brett



ESCRITO POR REGINA BRETT.

"Para celebrar o envelhecer, uma vez eu escrevi 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais requisitada que eu já escrevi. Meu taxímetro chegou aos 50 em agosto, então, aqui está a coluna, mais uma vez:


1. A vida não é justa, mas ainda é boa.


2. Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.


3. A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.


4. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contato.


5. Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.


6. Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para discordar.


7. Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.


8. Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele agüenta.


9. Poupe para a aposentadoria, começando com seu primeiro salário.


10. Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.


11. Sele a paz com seu passado, para que ele não estrague seu presente.


12. Está tudo bem em seus filhos te verem chorar.


13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que se trata a jornada deles.


14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.


15 Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe, Deus nunca pisca.


16. Respire bem fundo. Isso acalma a mente.


17. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.


18. O que não te mata, realmente te torna mais forte.


19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de você e mais ninguém.


20. Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite "não" como resposta.


21. Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial.


22. Se prepare bastante; depois, se deixe levar pela maré...


23. Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.


24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.


25. Ninguém é responsável pela sua felicidade, além de você.


26. Encare cada "chamado" desastre com essas palavras: Em cinco anos, vai importar?


27. Sempre escolha a vida.


28. Perdoe tudo de todos.


29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.


30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo.


31. Indepedentemente de a situação ser boa ou ruim, irá mudar.


32. Não se leve tão a sério. Ninguém mais leva...


33. Acredite em milagres.


34. Deus te ama por causa de quem Ele é, não pelo que vc fez ou deixou de fazer.


35. Não faça auditoria de sua vida. Apareça e faça o melhor dela agora.


36. Envelhecer é melhor do que morrer jovem.


37. Seus filhos só têm uma infância.


38. Tudo o que realmente importa, no final, é que você amou.


39. Vá para a rua todo dia. Milagres estão esperando em todos os lugares.


40. Se todos jogássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.


41. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.


42. O melhor está por vir.


43. Não importa como vc se sinta, levante, se vista e apareça.


44. Produza.


45. A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente "




Amei!


Espero que você também tire proveito!!!


Pat Lins.


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails